Volta a chover em Rio Bonito

JB Online

RIO - Voltou a chover intensamente em Rio Bonito durante a noite desta quarta-feira. No entanto não foram detectados novos deslizamentos de terra, nem alagamentos. A cidade continua em estado de emergência, já que mais de duas mil casas estão em áreas de risco.

O temporal provocou a destruição total de 151 residências. Outras 144 casas foram parcialmente afetadas. As chuvas deixaram um saldo de dois mortos, quatorze feridos e 1.350 desalojados.

O governador Sérgio Cabral determinou a homologação de situação de emergência em Rio Bonito, na Baixada Litorânea Fluminense, atendendo a solicitação do prefeito do município, José Luiz Alves Antunes, o "Mandiocão".

No decreto de número 41577, publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, o governador estabelece que a medida dure por 90 dias, podendo ser prorrogada ao longo de 180 dias, a contar da data de publicação.

Ficaram desabrigadas 80 pessoas, 62 ainda permanecem na Escola Municipal Professor Honesto de Almeida Carvalho, Emphac, no bairro Mangueirinha. As outras dezoito receberam autorização para ficar provisoriamente na casa de parentes.