Quadrilha de estelionatários é presa na Maré

JB Online

RIO - Uma quadrilha de estelionatários foi presa no fim da tarde desta segunda-feira após praticar o crime de estelionato em uma agência bancária localizada na Avenida Rio Branco, no Centro do Rio.

Os cearenses Francisco das Chagas Barreto, de 47 anos, Sebastião Lopes Ramos, de 28, e Ivanildo Bras de Souza, de 22, são acusados de instalar equipamento conhecido como 'chupa-cabras' em caixas eletrônicos e obter os dados dos cartões de bancos dos clientes das agências.

A novidade está na sofisticação do equipamento, que custa R$ 7 mil: uma microcâmera gravava imagens do teclado e, com isso, era possível decorar as senhas digitadas pelos clientes. O trio, que mora no Parque União, no Complexo da Maré, foi preso por agentes da 38ª DP (Bras de Pina) logo após cometer o crime no fim da tarde de ontem, enquanto entrava num restaurante.

De posse dos dados dos clientes e das senhas, os criminosos produziam cartões e faziam saques e, principalmente, transferências bancárias. Foram apreendidos anotações da quadrilha com dados de vítimas, além de 11 cartões bancários, três celulares e o chupa-cabras. Um carro modelo Ford Ka também foi apreendido. A polícia investiga há quanto tempo a quadrilha atuava e quanto já teriam faturado com o golpe.

Além das imagens dos clientes digitando senhas, a gravação mostra os criminosos instalando o equipamento e retirando-o ao fim da mesma, cerca de duas horas depois.