PSTU perde cota do fundo partidário

JB Online

RIO - O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) rejeitou hoje (2),

por unanimidade, a prestação de contas do Diretório Regional do PSTU, devido a irregularidades como a não apresentação da relação das contas bancárias abertas e falta de identificação da conta que foi destinada à movimentação dos recursos do Fundo Partidário. Além disso, o partido deixou de apresentar extratos das contas bancárias existentes em 2007 e não esclareceu a situação

cadastral no CNPJ.

Segundo o relator, juiz Paulo Troccoli Neto, estas irregularidades "comprometem a credibilidades das contas". Com a desaprovação das contas, o Diretório Regional do PSTU perde o direito às cotas do fundo partidário.