Funcionário do Samu preparam manifestação contra demissão em massa

JB Online

RIO - Mais de 300 pessoas, entre enfermeiros e condutores, cooperativados do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) estão se concentrando para fazer uma manifesta ainda nesta terça-feira por causa das demissões em massa.

-Nós começamos no Samu do Rio, não podemos ser demitidos assim de uma hora para outra disse a enfermeira Deise Almeida, de 39 anos.

O SindsPrev-RJ denuncia que há comunidades em que ambulâncias com soldados e oficiais não entram. O motivo seria o envolvimento de alguns bombeiros com as milícias.