Diretor do Presídio de segurança máxima Bangu 3 é assassinado

JB Online

RIO - O diretor do presídio de Segurança Máxima Bangu 3, tenente coronel da Polícia Militar José Lourenço, foi executado com mais de 30 tiros na Avenida Brasil, na altura de Deodoro, na manhã desta quinta-feira. PMs do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) estão no local.