Estado do Rio trabalha para evitar epidemia de dengue em 2009

Agência Brasil

RIO - A Secretaria de Saúde do estado do Rio de Janeiro informou nesta quinta-feira que está trabalhando para evitar uma epidemia de dengue em 2009. De acordo com o superintendente de Vigilância em Saúde, Vitor Berbara, técnicos estão percorrendo todos os municípios do Rio para fazer um levantamento das áreas em que o risco de incidência da doença é maior.

O objetivo é descentralizar a assistência às pessoas infectadas, levando os laboratórios responsáveis pelo diagnóstico da dengue para as regiões mais afetadas. Segundo o superintendente, o investimento na capacitação dos profissionais de saúde é outra prioridade do estado, que vai se intensificar no final do ano.

O lançamento de uma revista do "Menino Maluquinho", personagem do cartunista Ziraldo, focada na prevenção da dengue, é outra aposta da Secretaria de Saúde para incentivar o público infantil a conscientizar os adultos.

De acordo com Berbara, o planejamento da assistência da população em caso de epidemia já está sendo organizado. - O estado do Rio de Janeiro está mobilizando não somente recursos, mas está planejando, em caso de necessidade, o aumento do número de leitos hospitalares nas regiões em que houver maior necessidade, e, até mesmo, lançar mão das tendas de hidratação, que foram muito eficazes no atendimento da pacientes durante a última epidemia - garantiu o superintendente.

Berbara afirmou que o fechamento do Instituto de Infectologia São Sebastião, no Caju, especializado no tratamento de doenças infecto-contagiosas, não vai comprometer o atendimento dos doentes. Os serviços antes prestados pelo hospital serão oferecidos pelo Instituto de Assistência dos Servidores do Estado, o Iaserj.