Polícia divulga balanço da operação na Favela da Coréia

JB Online

RIO - Polícia divulga balanço da operação na Favela da Coréia em Senador Camará, na Zona Oeste, nesta quarta-feira. Policiais do 14° BPM (Bangu), em operação conjunta com equipes de delegacias especializadas da Polícia Civil, apreenderam uma metralhadora ponto 30, três granadas, dois fuzis, 8 kg de maconha e 5 mil papelotes de cocaína. O material será apresentado na 34ª DP (Bangu).

Durante a operação coordenada pela Delegacia de Combate à Drogas (Dcod), a polícia prendeu também Welington Celestino dos Santos, 22 anos, conhecido como 'Beleza'. O suspeito foi detido com um revólver calibre 38 e um carregador de pistola calibre 45. Roupas camufladas e material para embalar drogas estavam escondidos em uma parede dupla de uma casa.

Dois jacarés foram encontrados em uma casa dentro da comunidade. Segundo os agentes, os animais eram usados para assustar bandidos de quadrilhas rivais.

A operação também está sendo realizada na favela Taquaral, no mesmo bairro. Cerca de 200 policiais participam da ação. Não há informações sobre troca de tiros.

O comércio fechou as portas e algumas escolas não abriram.

Na noite desta terça-feira, dois suspeitos morreram durante um confronto com policiais das Rondas Ostensivas Nazareth Cerqueira (Ronac) da PM, na Coréia. O tiroteio interrompeu a circulação de trens por cerca de uma hora no ramal de Santa Cruz.

De acordo com a PM, os policiais do Ronac faziam um patrulhamento pela região quando foram atacados por traficantes.

Dois deles ainda, não identificados, foram baleados e levados para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, mas já chegaram mortos. Duas pistolas foram apreendidas, sendo uma calibre 380 e outra 9 milímetros.

A Supervia, por medida de segurança, interrompeu a circulação de trens na estação de Senador Camará, até às 19h. As composições, que vinham da Central do Brasil, trafegaram até Bangu, e as vindas de Santa Cruz seguiram até Campo Grande.