Celulares e drogas encontrados em revista de rotina em Instituto Penal

JB Online

RIO - Inspetores penitenciários do Instituto Penal Ismael Pereira Sirieiro, unidade de regime semi-aberto, em Niterói, encontraram 100 gramas de maconha com o preso Carlos Roberto dos Santos, nesta quinta-feira. A droga estava escondida na comarca (cama) do preso, junto aos seus pertences. O ilícito constitui crime e Carlos Roberto irá responder a novo processo, no artigo 12. O caso foi registrado na 78ª DP (Niterói).

Na tarde de quarta-feira, na mesma unidade, os inspetores encontraram celulares introduzidos no ânus de dois internos, durante revista de rotina. Com o preso Jadamês Rosa Mendes de Aragão, foram encontrados dois aparelhos de telefonia celular, e com o preso José Carlos da Silva, um aparelho. Ambos foram encaminhados para a 78ª DP (Fonseca), em Niterói.

Os telefones ficaram retidos para averiguação. Já os presos responderão por falta grave em avaliação de comissão técnica de classificação (CTC) e será solicitada regressão de regime ao juiz da Vara de Execuções Penais (VEP).