Polícia do Rio apreende 12, 5 t oneladas de maconha em 2008

Fernanda Thuler e Ludmilla Rabello, JB Online

RIO - As polícias militar, civil e federal do Rio de Janeiro já apreenderam 12 toneladas de maconha durante operações de repressão ao tráfico de drogas em 2008. A quantidade ultrapassou o record do ano passado, quando foram apreendidas 10 toneladas de maconha durante todo o ano.

- Essa apreensão é muito importante porque abala a estrutura financeira do tráfico - disseo o secretário de segurança José Mariano Beltrame.

A última grande apreensão da droga aconteceu nesta segunda-feira, na favela da Rocinha, em São Conrado, Zona Sul da cidade. Cerca de 200 homens de diversas delegacias especializadas, com apoio das polícias Federal e Militar, apreenderam 2,5 toneladas de maconha, e 30 kg de cocaína, durante operação.

O material apreendido estava dentro de uma gruta no alto da favela. As drogas tiveram que ser transportadas por helicóptero por causa da grande quantidade.

Também foi encontrada uma central de monitoramento de câmeras numa casa localizada na curva do S. As câmeras mostravam a movimentação na Estrada da Gávea, principal acesso à favela. Os policias também estouraram um laboratório de refino de cocaína na localidade conhecida como Cachopa.

Duas pessoas foram presas durante a açõa: Nildson Azevedo de Oliveira, de 25 anos, foi presioem flagrante, e Giovani dos Santos, 28 anos, através de mandado de prisão.

Segundo o delegado Marcos Vinícius Braga, titular da Delegacia de Combate às Drogas(Dcod), o objetivo da operação é sufocar a ação de tráficantes da Rocinha, responsáveis pelas invasões à outras comunidades, entre elas a do Morro Chapéu Manguieira, no Leme.