Light comemora 10 anos de incentivo a pré-vestibular comunitário

JB Online

RIO - Este ano completa uma década de incentivo da Light aos jovens de comunidades do Complexo da Maré, que querem ingressar nas universidades do Rio. Em 10 anos, 445 estudantes passaram, alguns entre as primeiras colocações, para a UFRJ, UFF, PUC e Rural.

No Complexo das favelas do Caju, nos últimos três anos, 27 estudantes foram aprovados em alguns dos vestibulares mais concorridos do país.

Segundo Marcia Coutinho, gerente de Atendimento às Comunidades da Light, o finamciamento de turmas de pré-vestibular, visa a estimular a continuidade dos estudos, aumentar a escolaridade e possibilitar que os alunos da Maré e do Caju, com histórico de defasagem escolar, possam ter acesso a um ensino superior de qualidade.

De acordo com levantamento realizado pelo Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré (CEASM), parceiro da Light no projeto, a maioria dos 203 alunos que freqüentam o pré-vestibular da Maré é do sexo feminino, tem entre 17 e 58 anos e concluíram o ensino médio em menos tempo do que os homens. Outro dado relevante da pesquisa é que 62% dos alunos estão desempregados e buscam no projeto a preparação para entrar na universidade e, conseqüentemente, no mercado de trabalho.

Este ano, os 203 jovens da Maré estão divididos em quatro turmas. E no Caju há duas turmas com 120 inscritos.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais