Polícia localizou o carro usado pelos assassinos do delegado

JB Online

RIO - A polícia já localizou o proprietário do Pálio prata, com placa de Itaboraí, usado pelo assassino do delegado titular da 20ª DP (Vila Isabel), Alcides Iantorno, 66 anos. Segundo Zeca Borges, coordenador do Disque-Denúncia, o serviço recebeu cinco telefonemas com informações sobre o crime, uma delas citando o nome do autor do disparo.

Centenas de pessoas acompanharam o enterro do corpo do delegado, no fim da manhã desta segunda-feira, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, Zona Oeste do Rio, entre elas o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrane e o chefe de Polícia Civil, Gilberto Ribeiro.

O delegado foi morto, na manhã de domingo, com um tiro na nuca, quando entrava, no supermercado Zona Sul da Avenida das Américas, no Recreio dos Bandeirantes, para comprar pão.

O chefe de Polícia Civil, Gilberto Ribeiro, descartou a hipótese de roubo e trabalha com a de execução.

O assassinato foi filmado por quatro câmeras de segurança do supermercado. As imagens estão sendo analisadas pela perícia.

Ainda de acordo com a polícia, o assassino e um cúmplice seguiram Iantorno com o carro, que ficou parado em frente ao mercado. Depois do crime, eles fugiram em alta velocidade em direção à Zona Sul. O Palio foi filmado por câmeras da CET-Rio.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais