Polícia prende jovem acusado de matar menina de 4 anos em Guaratiba

JB Online

RIO - Um jovem de 19 anos foi preso no fim da tarde deste sábado, em Guaratiba, Zona Oeste do Rio, acusado de matar a menina Adriana Simões, que completaria quatro anos na última segunda-feira. O corpo dela foi encontrado pela manhã em um lamaçal nas proximidades da cada da avó, no mesmo bairro. Ela será enterrada neste domingo, às 12h, no Cemite´rio de Campo Grande. Segundo a polícia, o rapaz confessou o crime.

De acordo com um policial da 43ª DP (Guaratiba), em depoimento na delegacia o jovem teria confessado o crime. Ele era vizinho da família de Adriana e teria tido problemas com o pai dela, Jones Abreu. Emocionado, ele chorou ao ver o corpo da filha.

Segundo o delegado Renato Soares, da 43ª DP, Adriana pode ter sido morta no domingo, Dia das Mães, quando desapareceu. Ele disse que chamará parentes e vizinhos para prestar depoimento. Segundo policias do RPMont (Campo Grande), o lamaçal onde o corpo foi achado por um vizinho da família fica na Rua do Pilar.

Durante a última semana, a família de Adriana Simões chegou a pedir apoio à Fundação da infância e Adolescência (FIA). Alguns cartazes foram espalhados pela cidade pedindo informações sobre a criança.

Na próxima semana a Organização Não-Governamental Portal Kids dá início a uma ação para tentar achar o paradeiro de crianças e adolescentes desaparecidas. O projeto "Não deixe que essa história se repita" irá afixar em ônibus da Empresa Rio Ita Ltda. Cerca de 200 cartazes com a foto de crianças desaparecidas, contando como foi o seqüestro com o objetivo de alertar a população. Além disso, o cartaz terá uma dica de prevenção.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais