Funcionários e pacientes do Hospital do Fundão fecham a Linha Vermelha

JB Online

RIO - Médicos, alunos do curso de Medicina, professores e pacientes do Hospital Clementino Fraga, na Ilha do Governador, fecharam a pista lateral da Linha Vermelha, na altura do Fundão, no sentido Centro. Os manifestantes reivindicam bolsa auxílio para os estudantes e melhorias na infra-estrutura da unidade. Cerca de 400 pessoas reuniram-se para protestar na porta do hospital, por volta das 8h, e saíram em passeata até a via expressa.

Desde segunda-feira o hospital está fechado para consultas e cirurgias. Somente os pacientes antigos estão sendo atendidos. De acordo com funcionários, a unidade sofre com falta de material básico, como gase e algodão. O Hospital também teria acumulado uma dívida de cerca de R$ 20 milhões, nos últimos 5 anos.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais