Rio ganha R$ 55 milhões para combate à violência

Marcelo Migliaccio, JB Online

RIO - O Ministério da Justiça assinou nesta quinta-feira convênio com o Governo do Estado e liberou R$ 55,32 milhões para o combate ao crime no Rio de Janeiro. A verba corresponde à primeira parcela cedida pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

Parte do dinheiro será usado para a construção de um batalhão da Polícia Militar no Complexo do Alemão, que custará R$ 3,7 milhões. Também serão construídos 20 postos de polícia comunitária. A maior parte dos recursos será aplicada em material de proteção para os policiais e equipamentos de tecnologia, como a instalação de sistema aeronáutico de captação e transmissão de imagens para helicóptero e blindagem de aeronaves.

Serão comprados também seis mil coletes, 1. 500 carabinas, 30 microônibus, 20 computadores, oito ambulâncias, seis retroescavadeiras -para a retirada de barreiras do tráfico-, além de capacetes, carros especiais, e outros materiais.

Segundo o Governador Sérgio Cabral, o Rio deverá receber mais R$ 50 milhões do Governo Federal para a segurança pública.

- Vamos compensar a falta de investimento em saúde, educação, cidadania, e oportunidades durante décadas - disse Cabral.

Para o ministro da Justiça, Tarso Genro, o convênio deve diminuir os índices de violência:

- Os indicadores de Violência não baixarão imediatamente, mas cairão em definitivo com toda essa parceria e investimento - disse.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais