Suspeito de chefiar o tráfico na favela do Rebu é morto em confronto

JB Online

RIO - Um homem morreu e outros três foram presos na operação realizada na favela do Rebu, em Santíssimo, Zona Oeste, na manhã nesta quarta-feira.

O morto foi identificado pela polícia como Geléia, que seria o chefe do tráfico na comunidade.

Depois da morte do suposto traficante, os bandidos teriam intensificado o tiroteio, com o reforço de outros criminosos da favela da Coréia.

Segundo a polícia, os traficantes usam uma metralhadora ponto 30, para derrubar helicópteros.

Cerca de 200 policiais de diversas delegacias especializadas entraram na comunidade por volta das 9h30 para cumprir mandados de prisão, reprimir o tráfico de drogas e roubos a carro. Os policiais ficaram encurralados e foram resgatados com o auxílio de outros 35 agentes que foram chamados para reforçar a operação.

A polícia apreendeu três fuzis, seis granadas, 3 quilos de cocaína, seis quilos de maconha e munição.

O comércio funciona normalmente. a circulação de trens na estação de Santíssimo foi suspensa. As composições que saem da Central do brasil vão até Bangu. De lá, seguem para Campo grande para chegar a Santa Cruz. As favelas da Coréia e do Rebu ficam próximas à via férrea.