Número de mortes por dengue ultrapassa 100 e casos superam os 120 mil

Marcello Victor, JB Online

RIO - Subiu para 103 o número de mortos vítimas da dengue no Estado do Rio de Janeiro. Uma nova atualização dos dados da doença foi divulgado agora há pouco, pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Segundo o órgão, 36 foram provocadas pelo tipo hemorrágica e 42% crianças em idade escolar, de zero a 15 anos. Outros 106 óbitos estão sendo investigados. O número de pessoas infectadas já é de 121.586, média de 30.396 vítimas no primeiro quadrimestre de 2008.

Segundo o novo relatório da SES, somente no município do Rio de Janeiro foram confirmadas 62 mortes. Duque de Caxias (11), Angra dos Reis (5), são João de meriti (5) e Campos dos Goytacazes (4) vem em seguida. No número de casos, o Rio também lidera com 66.942 casos, seguido de Angra dos Reis (7.753), Nova Iguaçu (7.154), Campos dos Goytacazes (4.855) e Duque de Caxias (4.468).

Após quatro dias sem registro de mortes por dengue na cidade do Rio de Janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Rio confirmou somente nesta quarta-feira, mais quatro óbitos. Dentre as novas vítimas estão uma menina de seis e uma senhora de 94 anos.

Segundo a SMS, a mulher de 94 anos era moradora de Bonsucesso, na Zona Norte, e morreu no dia 1º de março, no Hospital Geral de Bonsucesso (HGB). a menina de seis anos morreu no dia 9 de abril, no Hospital Souza Aguiar, no Centro. Ela era moradora de Realengo, na Zona Oeste.

As outras duas vítimas fatais da dengue são um homem de 78 anos, morador da Vila Kosmos, também na Zona Oeste, que morreu foi vítima do tipo hemorrágica e morreu no Hospital de Ipanema; e uma gestante de 30 anos, moradora da Pavuna, na Zona Norte, que morreu no último dia 22, na Casa de Saúde e Maternidade Terezinha de Jesus, em são João de Meriti, na Baixada Fluminense.