Confira os serviços que funcionarão no feriado de 1º de Maio

Portal Terra

RIO - Mais de 200 mil pessoas devem passar pela Rodoviária Novo Rio a partir desta quarta-feira por causa do feriado de 1º de Maio. A maior procura por passagens é para cidades da Região dos Lagos, como Cabo Frio e Búzios. A previsão da concessionária que administra a Ponte Rio-Niterói é de que 348 mil veículos passem pela praça do pedágio até domingo. Quem fica na capital do Rio deve estar atento ao que abre e ao que fecha no Dia do Trabalho.

Shoppings - A maioria das lojas vai funcionar das 12h às 21h na quinta. As praças de alimentação e áreas de lazer estarão abertas das 15h às 22h.

Feiras Livres - Funcionarão normalmente no 1º de Maio.

Bancos - As agências estarão fechadas na quinta-feira, mas abrem na sexta-feira. As contas que vencem no dia 1º poderão ser pagas, sem multas, no dia 2.

Correios - Apenas a agência do Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim estará aberta, das 7h às 19h, no feriado.

Metrô - As composições circulam das 7h às 23h na quinta, e das 5h às 0h na sexta-feira.

Trens - Os ramais de Japeri e Santa Cruz terão intervalos de 30 minutos na quinta, o de Saracuruna de 45 minutos e o de Belford Roxo de uma hora.

Barcas - Na travessia entre Rio e Niterói, o intervalo será de 30 minutos das 6h às 0h, na quinta-feira. Durante a madrugada, o tempo de espera é de uma hora. Na travessia entre a Praça XV e Paquetá, as barcas sairão às 7h10, 10h30, 13h30, 15h30, 16h30, 19h15 e 23h. As embarcações que fazem o trajeto Praça XV-Cocotá não circularão.

Limpeza - Os serviços de coleta de lixo domiciliar e seletiva serão normais no Dia do Trabalho. Também será feita regularmente a limpeza em áreas públicas de maior circulação de pessoas, como praças, parques e praias, além da limpeza em ruas onde houver feiras livres.

Defesa Civil Municipal - Manterá equipes com profissionais de plantão 24 horas. Para atendimento em casos de emergências ou solicitações, a instituição tem o telefone gratuito 199.

Hospitais - O atendimento será normal nos hospitais de emergências e postos 24 horas.