Detro registra apreensão de 2.696 veículos irregulares em 2008

JB Online

RIO - O Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) multou 2.490 veículos em março. Deste total, 716 foram retirados das ruas. Nos três primeiros meses do ano, o total de infrações chegou a 8.208 e o de apreensões a 2.696. O resultado do trabalho é creditado pelo governo a fiscalização que é realizada diariamente para combater a ilegalidade.

Continuaremos combatendo com todo o rigor as irregularidades. Não podemos permitir que a população seja exposta a um transporte sem segurança e sem qualidade. Nosso principal objetivo é garantir a lei e assegurar os direitos do usuário afirmou Rogério Onofre, presidente do Detro.

Em março, o transporte pirata continua sendo a principal irregularidade encontrada pelos fiscais. Durante o mês, 1.017 vans, 447 ônibus e 892 kombis e carros de passeio foram apreendidos por transporte de passageiros sem autorização. Entre os veículos da frota regular, 235 vans e 105 ônibus foram retirados de circulação por não apresentarem condições de tráfego.

Além das operações diárias em 23 pontos fixos na capital e 17 nas principais vias de acesso da Região Metropolitana, o Detro realiza ações volantes para combater o transporte pirata. O órgão também fiscaliza o serviço oferecido pelas empresas da frota regular, com ações nos terminais rodoviários. Essas operações são montadas com base nas denúncias recebidas pela ouvidoria.

Em março foram registradas 704 reclamações. Entre as empresas com maior número de queixas em relação a frota estão a Empresa Brasil S/A, Expresso Pegaso, Viação Pendotiba, Viação Beira Mar e Nilopolitana.