Deputada Renata do Posto é cassada pela Alerj

Marcello Victor, JB Online

RIO - A deputada estadual Renata do Posto (PTB) acaba de ser cassada pela Assembléia Legislativa do Rio (Alerj), acusada de participação no esquema de fraudes no auxílio-doença. Na manhã desta terça-feira, a deputada Jane Cozzolino (PTC) já havia perdido o cargo pelo mesmo motivo.

Dos 69 deputados que votaram, 50 decidiram pela cassação de Renata do Posto, 11 votaram contra e cinco se abstiveram. Neste momento, o deputado Tucalo Dias (PSC), faz sua defesa contra sua cassação, também pela acusação por fraudes no auxílio-doença.

Às 18h30, dos deputados da Alerj também decidem pela cassação do deputado João Peixoto (PSDC). Às 21h, a assembléia vota se Edino Fonseca (PR) será suspenso do cargo por 90 dias.

A deputada Jane Cozzolino foi cassada do cargo por 48 votos. Ela teve 15 votos contra a decisão. Houve cinco abstenções. A parlamentar afirmou que vai recorrer da decisão.