Saúde confirma 44 mortes por dengue e número sobre para 67 no estado

Marcello Victor, JB Online

RIO - A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulgou, agora a pouco, uma nova atualização dos casos de mortes por dengue na cidade do Rio de Janeiro. Segundo o órgão, o número de óbitos subiu de 31 para 44. Do total, 26 foram causadas pelo tipo hemorrágica.

Com as novas 13 mortes confirmadas na cidade do Rio, o número de óbitos no Estado do Rio chega a 67 óbitos. A nova atualização da Secretaria Estadual de Saúde será feita na próxima quarta-feira. No último balanço, no dia 26 de março, 54 pessoas haviam sido vítimadas pelo vírus.

Mais cedo, a SMS divulgou os números atualizados da dengue na capital fluminense. De sexta-feira até esta segunda-feira foram registrados 1.201 novos casos da doença. Com isso, o órgão fechou o balanço do mês de março. É o menor deles em comparação a janeiro (10.950) e a fevereiro (12.614). No entanto, segundo o órgão, novos casos podem ser incluídos no balanço, assim como dos meses de janeiro e fevereiros.

Curicia e Taquara, em Jacarepaguá, na Zona Oeste continuam liderando o número de infectados no município com 2.558 e 1.568 casos, respectivamente. Campo Grande vem em terceiro lugar com 1.077 ocorrências. Anil (822), Tijuca (720) e Gardênia Azul (683) vem a seguir.

Na última sexta-feira, a SMS registrou 1.399 novos casos da dengue, totalizando 31.288 pessoas infectadas. Na ocasião, o órgão informou que não haviam sido computadas novas mortes.

Na quarta-feira, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou os números da dengue no Estado do Rio. Foram confirmadas 54 mortes pela doença. Outras 60 estavam sob investigação. A maioria das mortes foi de crianças entre dois e 13 anos, 20 delas por dengue do tipo hemorrádica.

O número de casos da doença teve 9.363 novas notificações no período de uma semana em todo o Estado do Rio, segundo o levantamento de quarta-feira. No dia 19 de março haviam sido contabilizados 32.615. Nesta quarta-feira, o número atingiu 41.978 ocorrências.