Hospital da Posse já encaminhou 150 pessoas para Hospital de Campanha

JB Online

RIO - O Hospital de Campanha da Marinha, montado no quartel do Corpo de Bombeiros de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense registra neste momento cenas de total desespero entre os pacientes e seus familiares. Os pacientes chegam a esperar por até duas horas.

Os cem militares deslocados para auxiliar no tratamento da dengue pareciam não dar vazão à grande demanda de pacientes. O Hospital da Posse, também localizado em Nova Iguaçu, já encaminhou cerca de 150 pessoas em oito ônibus para o Hospital de Campanha.

Os pacientes, em sua maioria, crianças, dizem que a vantagem é que no hospital de campanha, as condições para quem tem que esperar são melhores, com cadeiras, água e televisão. Além de que o serviço é mais organizado.