Trabalhadores rurais fazem manifestação na sede do BNDES

Agência Brasil

RIO - Centenas de trabalhadores rurais e representantes de movimentos sociais devem participar nesta quarta-feira (26), a partir das 10h, no Rio, da manifestação na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Os manifestantes fazem parte da Rede Alerta contra o Deserto Verde Fluminense e de movimentos sociais de luta pela reforma agrária, como Via Campesina, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag) e Confederação dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), além de quilombolas e indígenas.

O protesto é contra a ordem de prioridade nos financiamentos do BNDES, que, de acordo com os manifestantes, vêm privilegiando o agronegócio e as grandes empresas de capital privado.

Uma comissão será recebida, em audiência já agendada, pela presidência do BNDES. Nela, será entregue uma carta aberta, com as reivindicações dos trabalhadores.