Traficantes atacam PMs com granada em favela de Santa Cruz

JB Online

RIO - Leonardo Sodré Barbosa, de 22 anos, conhecido como Léo, foi preso, na manhã desta terça-feira, acusado de integrar a quadrilha que atacou à granadas policiais do 27º BPM (Santa Cruz) durante uma operação na Favela das Três Pontas, em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio.

Segundo os PMs, eles apuravam uma informação passada através do Disque-Denúncia sobre um Honda Civic abandonado no interior da favela. No local, eles foram surpreendidos por cerca de 12 homens armados que atiraram contra a guarnição. Uma granada chegou a ser lançada. Houve confronto e os bandidos fugiram em direção a Favela do Aço.

Outras equipes do batalhão partiram em apoio a guarnição e realizaram um cerco na Favela do Aço. Na Rua H, houve nova troca de tiros, onde Léo foi baleado. Com ele, segundo os PMs, foram encontrados um revólver Taurus calibre 38, 100 papelotes de cocaína, R$ 120 em dinheiro, um telefone celular e um radiotransmissor.

No Hospital Pedro II, em Santa Cruz, ele foi reconhecido pelos policias como sendo um dos participantes dos confrontos armados. O Registro de Ocorrência foi feito na 36ª DP (Santa Cruz).