Taxista assassinado em Irajá

JB Online

RIO - Jeferson Peixoto de Aquino, 28 anos, morreu no PAM de Irajá, depois de ser baleado na altura do número 512, da Avenida Monsenhor Felix, em Irajá. A vítima estava sozinha no táxi Santana da Cooperativa Carioca quando foi atingido por vários disparos. Policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) foram chamados, mas não conseguiram localizar os criminosos. Segundo informações obtidas pela polícia no local, Jeferson era genro de José Carlos dos Reis Encina, o traficante Escadinha, já falecido. Policiais da 27ª DP (Vicente de Carvalho) registraram a ocorrência.