Bebê de 7 meses morre vítima de dengue no Rio

JB Online

RIO - Uma menina de 7 meses morreu nesta quinta-feira vítima de dengue no Rio. Ana Clara Gonçalves foi internada no Hospital Albert Schweitez, em Realengo e não resistiu.

Já são 33 mil casos de dengue no Estado só neste ano, com 49 mortos. Destes, 24 eram crianças. Além do bebê de 7 meses, uma menina de 14 anos também morreu com sintomas da doença. A secretaria municipal de Educação vai recomendar que as crianças usem meias e calças compridas, para se proteger das picadas do mosquito.

O secretário estadual de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Côrtes anunciou na quinta-feira a instalação de três tendas de hidratação com soro, para receber pacientes oriundos de unidades que fazem parte da Central de Regulação de Leitos. As três tendas ficarão no estacionamento das Unidades de Pronto-Atendimento (UPA) de Campo Grande e Santa Cruz e no Retiro dos Artistas. Os locais serão climatizadas e terão até 80 poltronas, para doentes que precisem de hidratação, mas não de internação. O objetivo é evitar mais mortes.

Côrtes foi a primeira autoridade a admitir que o Estado sofre com uma epidemia de dengue. Apesar de a capital ser a área mais atingida, a prefeitura afirma que não há uma epidemia.