PRF registra 60 acidentes com duas mortes nas rodovias

JB Online

RIO - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou nas rodovias federais que cortam o Estado, 60 acidentes, com 13 feridos e dois mortos, neste sábado. Segundo o inspetor da PRF, em dias ensolarados, a média é de 17 acidentes.

A PRF recomenda que os motoristas evitem as rodovias principalmente no período noturno, em razão das fortes chuvas que castigam o Estado desde quinta-feira. De acordo com André Luiz Azevedo, as condições de visibilidade são ruins e as pistas estão escorregadias. As rodovias mais prejudicadas pelas chuvas são as que cortam o Sul Fluminense e a Região Serrana do Estado.

A faixa da esquerda da pista sentido São Paulo-Rio, da Rodovia Presidente Dutra, no em Resende, no Sul Fluminense, afundou. Ainda na Via Dutra, nas imediações do km 330, também em Resende, há risco de transbordamento do Rio Água Branca. Restam 30 centímetros de borda a serem vencidos pelo volume d'água.

Próximo ao Km 268, da Via Dutra, um deslizamento de terra obstruiu a faixa da direita e do acostamento da pista sentido São Paulo. O material já foi retirado e o tráfego flui normalmente.

A Rodovia BR 495, que liga Petrópolis a Teresópolis continua com risco de deslizamento, desde o temporal, que atingiu a região durante o carnaval.

Na Rio-Petrópolis, BR-040, pista sentido Rio, na altura do Km 95, próximo a Xérem, houve um deslizamento de terra, neste sábado, que interditou a faixa da direita. O trânsito flui em mão dupla.

Desde a noite de quinta-feira, a PRF permanece em estado de atenção, mantendo o monitoramento de todas as rodovias federais que cortam o Estado com as concessionárias que administram as rodovias privatizadas, com o Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transporte (Dnit) e com as Defesas Civis municipais, a fim de garantir a segurança dos usuários e da população ribeirinha.