Defesa de Consumidor da Alerj move ação contra as Barcas S/A

JB Online

RIO - A ComissÃo de Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa entrou com ação coletiva de consumo contra a empresa Barcas S/A em função do descaso com o qual os usuários dos serviços são tratados pela concessionária. A comissão quer que sejam colocados à disposição do público mais guichês e funcionários para a venda dos bilhetes. O objetivo, segundo a comissão, é acabar com o caos e os tumultos que se tornaram freqüentes nas estações. Além disso, a ação, que tramita na 1º Vara de Fazenda Pública, pede que a concessionária cumpra com rigor os horários de chegada e saída das embarcações, afixando-os em local visível, para que o usuário possa ter a certeza de que serão respeitados.

Outra exigência que consta da ação de Defesa do Consumidor da Alerj movida nesta quinta-feira está a instalação de postos de atendimento médico 24 horas em cada estação sob a gerência das Barcas S/A. Eles devem ser equipados para o atendimento emergencial, devido a enorme quantidade de pessoas transportadas diariamente.

Segundo a deputada e presidente da comissão Cidinha Campos, em razão do grande número de reclamações recebidas na comissão quanto ao precário serviço prestado pela empresa Barcas S/A, e de quase que diariamente ser noticiado esse descaso, é preciso melhorar consideravelmente o atendimento.