PM terá aumento de 5% no efetivo para o carnaval 2008

Felipe Sáles, JB Online

RIO - Cerca de 47.700 farão o policiamento ostensivo durante o carnaval de 2008 no Rio. O esquema foi anunciado na tarde desta segunda-feira. Segundo a PM, o aumento com relação a Festa de Momo de 2007 é de 5%. A entrega da responsabilidade do trânsito na cidade do Rio à Guarda Municipal e a ocupação do Morro da Providência, vizinho ao Sambódromo, pelo Exército e pelo Grupo de Policiamento em Áreas Especiais (GPAE), contribuiram para o acréscimo.

No entanto, o crescimento do carnaval popular de rua preocupa. Os 16 bailes na Zona Norte, a Avenida Rio Branco e a orla da Zona Sul receberão atenção especial, além da região do Sambódromo.

- Nossa maior preocupação é o aumento dos eventos de rua. Antes o primeiro foco era o Sambódromo. Agora temos esse segundo foco que são os festejos populares que vem crescendo na cidade - disse o coronel Samuel Dioníso, chefe do Estado Maior da PM, durante a divulgação do esquema de segurança.

Ainda segundo Samuel Dionísio, os morros dos complexos do Estácio (São Carlos, Mineira e Querosene) e do Catumbi (Coroa, Fallet, Fogueteiro e Escondidinho) serão ocupados durante o carnaval pela PM. Devido a ocupação permanente do GPAE e do Exército no Morro da Providência para garantir a realização das obras do Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC), outras áreas ganharão reforço.

Os jogos do Campeonato Carioca também dividem a atenção da PM durante o carnaval. Na sexta-feira, o Fluminense joga no Engenhão. No sábado, O Flamengo pega o América no mesmo estádio e o Vasco faz o clássico com o Botafogo no Maracanã. Na Quarta-feira de Cinza, três grandes clubes jogam na cidade.

Apesar de não ter responsabilidade sobre o trânsito, PMs trabalharão próximos aos guardas municipais.