Polícia caça genro de Jerominho

JB Online

RIO - Policiais de várias delegacias especializadas e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) realizaram uma operação na mandrugada deste sábado, na Favela da Carobinha, em Campo Grande, Zona Oeste do Rio. O objetivo era prender o policial civil André Luiz da Silva Malvar, genro do vereador Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho. Ele fugiu da carceragem da Polinter, que fica no bairro, nesta quarta-feira. O agente é acusado de formação de quadrilha e integrar uma milícia que age na região.

Por determinação do governador do Rio Sérgio Cabral Filho, a Polinter de Campo Grande foi desativada, na tarde desta sexta-feira. A decisão foi motivada pela fuga de André Luiz. Os 130 presos foram transferidos para o Complexo Penitenciário de Bangu. O prédio da Polinter será utilizado pela Secretaria de Administração Penitenciária como custódia de presos em regime semi-aberto. Detentos que estavam nas carceragens da Polinter da do Grajaú, na Zona Norte, e de Neves, em São Gonçalo, na Região Metropolitana, também foram transferidos para Bangu.

O vereador Jerominho foi um dos presos transferidos para Bangu. O parlamentar é acusado de liderar uma milícia na Zona Oeste.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais