Cedae faz acordo com Light e economiza R$10 milhões

Agência JB

RIO - Com objetivo de liquidar todas as dívidas da Cedae, o governo do estado renegociou com a Light, nesta segunda-feira, um débito histórico da companhia na ordem de R$ 118 milhões. O pagamento será realizado, em 59 parcelas de R$ 2 milhões, junto às contas mensais. Em contrapartida, a Cedae receberá da Light equipamentos eficientes, que vão gerar uma economia em energia elétrica calculada em R$ 10 milhões anuais.

Participaram da assinatura do acordo, no Palácio Guanabara, o governador Sérgio Cabral, o vice-governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão, os presidentes da Nova Cedae, Wagner Victer, e da Light, José Luiz Alquéres. Para Victer, o processo de saneamento financeiro da companhia aumenta a credibilidade da empresa com seus fornecedores.

- Da mesma forma que cobramos, buscamos dar o exemplo. Desde o segundo semestre de 2007, tornamos totalmente adimplente nas contas mensais com a Light. Fizemos o equacionamento de todo passivo que tínhamos em relação à Light, que é um dos nossos principais fornecedores, e renegociamos toda a dívida. A contrapartida da Light irá nos enquadrar ao programa de financiamento Procel/Sanear da Eletrobras explicou o presidente da Cedae.

Segundo o diretor da Light, Paulo Roberto Pinto, só foi possível acordar esta dívida histórica com a nova administração da empresa. Ele ainda ressaltou que este foi um momento muito importante para a Light, considerando que a Cedae é um de seus maiores consumidores.

- Vamos dar total apoio a Cedae em relação ao programa de eficiência energética, fazendo da cultura do uso racional da energia um fato preponderante da companhia, que é uma grande consumidora garantiu Pinto.

Ano passado, a Cedae também negociou as dívidas existentes com a concessionária de energia elétrica Ampla.