Vera Lucia: 26 anos de amor e dedicação á Beija-Flor

Angélica Paulo e Júlia Moura, Agência JB

RIO - Com 26 anos de Beija-Flor, a chefe das costureiras do barracão da Cidade do Samba, Vera Lucia, comprova que o amor pela escola ocupa todos os espaços de sua vida. Com dedicação integral, coordena uma equipe de 15 pessoas, responsáveis pelas fantasias de todas as alas.

-É um amor muito grande que sinto pela Beija-Flor. Aqui é minha segunda casa afirma Vera Lucia, ou simplesmente Lucia, como é conhecida na escola.

Com fala mansa e delicada, Vera conta que, apesar de ter se mudado para a Ilha do Governador, Zona Norte da cidade, não abandona suas raízes.

-Nunca vou deixar a escola. Enquanto eu puder e me quiserem, estarei sempre aqui, ajudando confidencia.

Apesar dos anos dedicados à escola, quando até mesmo a família foi deixada em segundo plano, e da fama e respeito que conquistou junto aos demais componentes da escola, além da diretoria, Vera revela que em todos os anos na escola, nunca pôs os pés na Marquês de Sapucaí, nem para assistir das arquibancadas ou camarotes, mesmo com a insistência dos filhos e até mesmo de carnavalescos.

- Prefiro assistir de casa, com tranqüilidade. Tenho medo de ir para a avenida e passar mal de tanta emoção ao ver minha escola passar. A família e os amigos não entendem, minha filha chega a dizer que no dia em que eu resolver desfilar, não vou parar nunca mais. Mas ainda não tiver coragem finaliza.