Enterrado menino vítima de bala perdida no Clube Federal

Marcello Victor, Agência JB

RIO - Foi enterrado, no fim da tarde deste domingo, no Cemitério Parque da Colina, em Niterói, Região Metropolitana do Rio, o corpo do menino Hugo Ronca Cavalcanti, de 12 anos. Ele morreu no fim da tarde deste sábado, no Hospital Miguel Couto, na Gávea, depois de ficar uma semana internado.

Hugo foi atingido na cabeça por uma bala perdida quando jogava bola em uma das quadras de futebol do Clube Federal, no Alto Leblon, um dos bairros mais nobres da Zona Sul do Rio. Nesta segunda-feira, a polícia deve divulgar o laudo que descreverá a trajetória do projétil que matou Hugo.

Com a nova informação, a polícia poderá iniciar a segunda parte das investigações. Há suspeitas de que o disparo tenha sido feito de um dos prédios no entorno do clube ou do Morro Chácara do Céu. A polícia já sabe que Hugo estava posicionado de frente para a Rua Timóteo da Costa.

O menino estava internado em estado gravíssimo na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) pediátrica e foi induzido ao coma, após passar por uma cirurgia, nesta quinta-feira, para a retirada da bala, localizada na parte superior do crânio. Os médicos, no entanto, não conseguiram retirá-la, já que o projétil estva em um local delicado e de difícil acesso.

Um laudo da Polícia Civil confirmou que a bala que atingiu Hugo é de pistola calibre 9mm.