Catador de papel é morto com uma pedrada em Ipanema

Anna Luiza Guimarães, Agência JB

RIO - Um homem, ainda não identificado, que dormia na calçada em frente ao número 32, na Rua Barão da Torre, em Ipanema, levou uma pedrada na cabeça e morreu na noite de ontem.

Uma comerciante, que não quis se identificar, chegou por volta das 7h da manhã para trabalhar e o corpo já estava lá.

- O rosto estava desfigurado - conta. A polícia foi chamada às 8h por moradores, mas só chegou ao local às 10h. O corpo só foi recolhido por volta das 15h.

Segundo os moradores, a vítima era um catador de papel que costumava dormir nas redondezas. O síndico de um edifício na Rua, o advogado Carlos Abran, explicou que muitos homens costumam dormir naquela calçada.

- Já chamei a prefeitura várias vezes, mas eles não resolvem o problema - diz. No mês passado, ele enviou fotos do local, cheio de mendigos, para a assistência social da prefeitura.

Policiais da área desconfiam que o crime possa ter sido motivado por uma briga entre os catadores. Mas os moradores levantam a hipótese de playboys, de classe média, serem os culpados.

O caso foi registrado pela 14a DP (Leblon). O delegado Carlos Sodré não quis comentar a ocorrência.