Caça-níqueis de sobrinho de bicheiro são apreendidos em Petrópolis

Agência JB

RIO - Numa operação conjunta da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal, Ministério Público e Polícia Federal, para cumprimento de ordem judicial, 178 máquinas de vídeopôquer foram removidas do Serra Bingo, na Rua do Imperador, 734, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, nesta terça-feira. Segundo a Receita Federal, o estabelecimento estava lacrado desde abril e tinha como dono Júlio Guimarães Sobreira, preso na Operação Hurricane, da Polícia Federal. Ele é sobrinho do contraventor Ailton Jorge Guimarães, o Capitão Guimarães.

Também foram recolhidos R$ 29.864 em espécie, que estavam dentro das máquinas, além de 44 cheques. O dinheiro foi depositado em uma conta da Caixa Econômica Federal e ficará a disposição da justiça. Várias correspondências em nome de Júlio também foram recolhidas. O maquinário está sendo levado para o depósito da Receita Federal, em Benfica, Zona Norte do Rio.

O material passará por uma perícia. Se constatada que as máquinas possuem compenentes eletrônicos contrabandeados, os indiciados poderão ter suas penas agravadas. Ainda segundo a Receita Federal, as máquinas também terão o mesmo destino de outras que foram apreendidas: serão revertidas em computadores, que serão utilizados por setores de segurança pública, educação e saúde do Rio de Janeiro.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais