Beltrame promete à OAB/RJ fim das revistas policiais em crianças

Agência JB

RIO - O secretário estadual de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, comprometeu-se nesta terça-feira, com a Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção Rio de Janeiro, a pôr fim imediato à revista praticada em crianças durante operações policiais. Beltrame disse que comunicaria a decisão ao comando da Polícia Militar e da Força Nacional de Segurança ainda hoje.

A determinação foi anunciada durante reunião com o presidente da Comissão de Direitos Humanos, João Tancredo, e o conselheiro da OAB/RJ, Carlos Nicodemos, que, atendendo a mães que denunciaram a prática ilegal e pediram ajuda, principalmente no Complexo do Alemão, foram pedir providências ao secretário.

Diante do argumento do secretário Beltrame, de que há crianças sendo obrigadas por traficantes a transportar armas em suas mochilas escolares, sob ameaça de represálias, Tancredo contra-argumentou dizendo que o poder público está falhando duas vezes: a primeira por não proteger os menores de criminosos, e a segunda por infringir dois artigos do Estatuto da Criança e do Adolescente.