Chuva afasta público da OSB

Agência JB

ANNA CAROLINA BRAILE - A chuva que caiu no início da noite deste sábado deixou vazio o concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira, na praia de Copacabana. Apenas cerca de 300 pessoas assistiram ao espetáculo. O número contraria a espectativa de atingir a marca de 100 mil espectadores.

O concerto, regido pelo maestro alemão Kurt Mansur e com a participação do violinista brasileiro Yamandú Costa estava marcado para ter início às 19h30, mas atrasou mais de meia hora.

No entanto, alguns corajoso resistiram à chuva por amor à música.

- Não é sempre que temos a chance de assistir música tão boa de graça - comenta Eduardo Torres, 17 anos.

Estudante da escola de música Villa Lobos, o jovem saiu de Vila Isabel especialmente para o concerto, mas esqueceu o guarda-chuva em casa.

- Vale a pena estar aqui, mesmo de baixo de chuva - garante.

Outra que não tem medo de mau tempo é a aposentada Helise Cardoso, 72 anos.

- Chuva não derrete. Escutar boa música é sempre um alento. Além disso, nesta idade não se pode deixar enferrujar, temos que procurar sempre a alegria - diz Helise.