Manifestantes plantam 'jardim da morte' na Praia de Copacabana

Agência JB

RIO - Mil e trezentas rosas vermelhas amanheceram plantadas na Praia de Copacabana, Zona Sul do Rio, na manhã desta quinta-feira. As flores representam o número de pessoas mortas em 2007 no Estado do Rio de Janeiro.

A ação é mais um protesto do Movimento Rio de Paz, que já havia platado 700 cruzes no mesmo local e, algumas semanas depois, reunido cerca de mil voluntários, para representar o número de mortos até aquele momento.

A beleza do jardim é contrastada com a tristeza de seu significado. As flores estão ainda separadas em quatro jardins, cada um para um mês do ano.