Termina operação no Pavão-Pavãozinho

Felipe Sàles, Agência JB

RIO - Terminou há pouco a operação policial no Morro Pavão-pavãozinho, em Copacabana. O objetivo era cumprir três mandados de prisão de traficantes. Um traficante foi preso, e outro morreu durante confronto com a polícia.

O líder do tráfico, conhecido como Juca Bala, chegou a trocar tiros com os policiais, mas conseguiu fugir. Ele tomou o comando do morro há pouco tempo no lugar do traficante Caveirinha, morto recentemente.

O traficante Leandro Braz Rodrigues, de 20 anos, foi preso. Ele é o segundo homem na hierarquia da favela, e foi condenado a 28 anos de prisão por latrocínio, tráfico de drogas, e outros crimes. O terceiro bandido procurado, vulgo Rogerinho, não foi encontrado.

Cerca de 150 policiais da Delegacia de Repressão a armas e entorpecentes(Drae), da Delegacia de Roubo e Furto de Cargas(DRFC),Delegacia de Homicídios da Baixada, e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), participaram da operação.