Cabral diz que Rio não será palco de guerras

Marcello Gazzaneo, Agência JB

RIO - O governador Sérgio Cabral voltou a elogiar a atuação da polícia e do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, durante a guerra entre traficantes no Morro da Mineira, na manhã desta terça-feira, no Catumbi, Zona Norte.

A declaração foi dada durante a cerimônia de entrega de 50 veículos da frota de extensão rural, para atendimento à agricultura familiar, realizada na manhã desta quarta-feira, na Marina da Glória.

Sob uma possível omissão da polícia, que não teria agido preventivamente depois de ser alertada sobre a tentativa de invasão, Cabral disse que não ser ele a responder.

- Quem tem que responder é o secretário de Segurança. Mas a polícia agiu com competência e na hora certa, enfrentendo os criminosos. Se os bandidos estão pensando que vão fazer do Rio palco de suas guerras, estão enganados - afirmou Cabral.