Rio

Alerj discute com secretário de Transportes melhorias nas barcas

.

Foto: Rafael Wallace/Alerj
Credit...Foto: Rafael Wallace/Alerj

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano (PT), recebeu em seu gabinete, nessa quinta-feira (25), o secretário estadual de Transportes, Delmo Pinho, para discutirem melhorias no funcionamento das barcas. O encontro, que contou também com a participação do deputado Flávio Serafini (Psol), teve como objetivo ver de que forma a Assembleia pode ajudar na melhoria dos serviços desse modal.

Segundo Delmo Pinho, com a pandemia o número de passageiros diminuiu de 75 mil usuários para 20 mil, em um ano. “Houve uma queda até maior do que nos outros modais. O Governo do Estado do Rio já subsidia cerca de R$ 400 milhões, por ano, o bilhete único intermunicipal, mas o esforço tem que ser maior. Precisamos dar continuidade ao serviço, ter recursos para ajudar na operação, a fim de que o usuário não tenha de pagar tão caro”, disse o secretário, observando que em 2023 termina a concessão das Barcas S/A.

De acordo com o deputado Serafini, com a queda do número de passageiros as barcas reduziram drasticamente o número de viagens, e essa precariedade no serviço tem penalizado o passageiro. “Isso vem prejudicando muito os usuários das barcas, a ponto de os moradores de Paquetá muitas vezes não conseguirem sair de lá”, comentou o parlamentar, observando, ainda, que a travessia Rio-Niterói está com intervalos de 30 minutos, mesmo em horários de pico de movimento de passageiros. “Temos que pensar em melhorias num momento que os transportes funcionam de forma excepcional e impactam no equilíbrio financeiro desses serviços”, salientou.