Jornal do Brasil

Rio

Ministério Público do Rio recomenda lockdown a governos estadual e municipal para frear coronavírus

Jornal do Brasil

Macaque in the trees
Homem com máscara de proteção anda de bicicleta na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro (Foto: Reuters/Sergio Moraes)

O Ministério Público do Rio de Janeiro recomendou ao Estado e à prefeitura da capital fluminense a adoção de medidas de isolamento mais restritas, como o lockdown, para conter o avanço da Covid-19, doença respiratória provocada pelo novo coronavírus, informou o órgão nesta quinta-feira.

A sugestão é que o lockdown seja adotado por ao menos 15 dias. A recomendação encaminhada aos governos estadual e municipal se baseia, segundo o MP, em estudos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e de outras instituições que defendem isolamento total.

No Rio de Janeiro, a doença avança rapidamente e num intervalo de 10 dias, o total de óbitos dobrou praticamente. No começo de maio eram cerca de mil mortes e nessa quarta-feira o Estado já registrava 2.050.

O Estado já confirmou também 18.728 casos de coronavírus e mais de 900 mortes ainda são investigados

Em meio ao avanço da pandemia, as redes de saúde pública e privada operam com taxa de ocupação de mais 90%, faltam equipamentos de proteção individual (EPIs) e profissionais médicos e os hospitais de campanha inaugurados ainda não operam na capacidade máxima.(Reuters)