Rio

Sobe para 4 o número de mortos com a chuva no Rio

As chuvas que castigam o Rio desde a noite deste sábado (29) fizeram a quarta vítima fatal. Afora o tanto de estrago que resultou em diversos desabrigados. Flávio da Silva foi retirado sem vida dos escombros de sua casa, no Tanque, na Zona oeste, Vânia Nunes, de 75 anos, foi encontrada morta na Taquara, um homem não identificado morreu afogado na favela de Acari, e em Mesquita, Mizael Xavier, de 62 anos, foi soterrado.

Macaque in the trees
A Defesa Civil estadual também trabalha para diminuir os estragos das chuvas (Foto: Governo RJ)

Em uma transmissão ao vivo em rede social, o prefeito Crivella informou à população as medidas tomadas pelos órgãos municipais e garantiu que todos os esforços estão sendo feitos, com o máximo de agilidade. A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, subordinada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), acionou 30 sirenes em 16 (das 103) comunidades de alto risco geológico do município devido às fortes chuvas.

O Centro de Operações Rio registrou 139 ocorrências relativas a alagamentos, bolsões d´água e quedas de árvores. Até 17h30, 90 tinham sido solucionadas.

PREVISÃO DO TEMPO

Neste domingo (1), com a atuação de áreas de instabilidade em médios e altos níveis da atmosfera em conjunto com alta disponibilidade de umidade, a previsão é de chuva fraca a moderada, podendo ser forte de forma isolada até o final da noite. Os ventos estarão moderados com ocasionais rajadas fortes.

Na segunda-feira (2), o tempo seguirá instável, com chuva fraca a moderada ao longo do dia, podendo ser forte de curta duração (15min) durante a manhã/tarde. Os ventos estarão moderados.

Entre terça-feira (03/03) e quinta-feira (05/03), o tempo continuará instável na cidade do Rio devido á formação de um sistema de baixa pressão no oceano. A previsão é de pancadas de chuva moderada/forte a partir da tarde de terça-feira e a qualquer momento da quarta-feira. A partir de quinta-feira, a chuva perde intensidade, sendo fraca a moderada a qualquer momento do dia. As temperaturas se manterão amenas.

DEFESA CIVIL

A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, subordinada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), acionou 30 sirenes em 16 (das 103) comunidades de alto risco geológico do município. As localidades são monitoradas 24 horas. O sistema é acionado quando o índice pluviométrico atinge protocolos de desocupação preventiva.

COMLURB

A Comlurb está com suas equipes operacionais nas ruas para mitigar os efeitos. Até às 17h deste domingo, a Companhia contabilizou 133 ocorrências, a grande maioria relacionada a bolsões d'água, e está fazendo a desobstrução de caixas de ralo. O efetivo total dessas ações é de 1.283 garis e 147 agentes de limpeza urbana. Foram utilizados ainda 85 caminhões e quatro pás carregadeiras. 

SAÚDE

Equipes do Hospital Ronaldo Gazolla seguem trabalhando, com apoio da RioÁguas, para a retirada da água que invadiu o subsolo da unidade. Um homem, que morreu afogado durante as chuvas, foi levado para o hospital por moradores de Acari. Quatro pessoas foram atendidas na UPA de Magalhães Bastos, com ferimentos sem gravidade e liberadas após medicadas. No Hospital Lourenço Jorge, uma mulher, que deu entrada pela manhã com uma lesão no tendão, permanece internada. O quadro dela é estável.

ASSISTÊNCIA SOCIAL

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) informa que segue monitorado todos os pontos de apoio oficiais da Defesa Civil, com as equipes técnicas de coordenações à disposição para o caso de alguma necessidade.