Rio

Manifestações causam trânsito no centro do Rio e em Niterói

Congestionamento acima do normal no centro do Rio e em Niterói na manhã desta sexta-feira (14)

Pequenas manifestações causam trânsito acima do normal no centro do Rio de Janeiro e em Niterói na manhã desta sexta-feira (14). No geral, porém, o congestionamento na cidade (43 km) é menor que a média das últimas semanas para o dia e o horário (71 km).

Na avenida Brasil, na região central, policiais militares chegaram a soltar algumas bombas de efeito moral para evitar o bloqueio da via e dispersar um grupo que não seguiu o caminho combinado e começou caminhar em direção à rodoviária, mas a situação se normalizou minutos depois.

Outro grupo que ocupa a avenida Marquês do Paraná, importante via de Niterói, causa lentidão no acesso à ponte Rio-Niterói e ao longo de toda a via, fazendo a travessia para a capital fluminense demorar cerca de uma hora. A Linha Vermelha, que liga a zona norte ao centro do Rio, também tem trânsito.

Já os serviços de ônibus, BRT (faixa exclusiva para ônibus), barca, metrô, VLT e trens funcionam normalmente, segundo as concessionárias e o sindicato das empresas de ônibus.

Também têm paralisações escolas públicas, como o colégio federal Pedro 2º, e universidades, como a UFRJ (federal) e a Uerj (estadual). Os manifestantes devem se concentrar a partir das 15h em frente à Igreja da Candelária, mesmo local dos atos nos dias 15 e 30 de maio, também contra cortes na educação.