Jornal do Brasil

Rio

STJ suspende fase de instrução do processo de Furnas da Onça

Pedido de habeas corpus foi feito pela defesa do deputado André Corrêa

Jornal do Brasil

Em decisão divulgada hoje (11), o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Félix Fischer suspendeu, com urgência, a fase de instrução processual da Operação Furna da Onça no Tribunal Regional Federal da segunda região (TRF2), que investiga a relação de deputados estaduais do Rio de Janeiro com corrupção e loteamento de cargos públicos.

O pedido de habeas corpus foi feito pela defesa do deputado André Corrêa (DEM) e a decisão invalidou as oitivas feitas ontem (10). O argumento é que a instrução processual começou antes da publicação do acórdão do julgamento da denúncia.

Macaque in the trees
André Corrêa (Foto: Alerj)

A suspensão vale “até o julgamento dos embargos de declaração eventualmente opostos, devendo ser respeitado, também, o prazo legal para oferta do rol de testemunhas, tal qual previsto na legislação especial”, diz a decisão de Fischer, divulgada pelo TRF2.

São investigados na operação os parlamentares André Corrêa (DEM), Luiz Antônio Martins (PDT), Marcos Vinícius de Vasconcelos Ferreira, o Neskau (PTB), Chiquinho da Mangueira (PSC) e Marcos Abrahão (Avante), presos no dia 8 de novembro do ano passado.

Segundo o TRF2, o relator do processo na segunda instância, desembargador federal Abel Gomes, vai aguardar o prazo para apresentação dos embargos de declaração, que é de dois dias conforme o artigo 619 do Código de Processo Penal, e em seguida vai incluir o processo na pauta de julgamentos da 1ª Seção Especializada da corte.



Tags: stj alerj