Jornal do Brasil

Rio

Leilão do imóvel onde funciona La Fiorentina foi anulado

Justiça barra tentativa de extorsão do Banco Cédula

Jornal do Brasil

Em decisão proferida pela juíza Mabel Christina Castrioto Meira de Vasconcellos, da 18ª Vara Cível, foi suspenso o leilão da loja onde funciona, há mais de 60 anos, o famoso restaurante La Fiorentina, no Leme. O imóvel tinha sido colocado em leilão referente a dívida de R$ 1,8 milhão, da Foca Turismo com o Banco Cédula, que tentou extorquir o valor de RS 5,2 milhões, com acréscimo de 200% em relação aos valores de abril de 2017.

Em decisão de “tutela cautelar em caráter antecedente”, a juíza reconheceu que “restam controversos a regularidade nos trâmites legais que antecederam ao leilão, bem como o real valor da dívida”. No seu despacho, a juíza Mabel Christina Castrioto Meira de Vasconcelos também determinou que o leiloeiro retire a oferta de seu site, bem como “as fotografias em que aparecem os frequentadores do restaurante La Fiorentina, locatário do imóvel”.