Jornal do Brasil

Rio

Rio reforça patrulhamento da orla durante a Operação Verão

450 policiais militares vão atuar diariamente

Jornal do Brasil

O patrulhamento da orla do Rio de Janeiro será feito por cerca de 450 policiais militares, diariamente, na Operação Verão deste ano. Segundo a Secretaria de Estado de Polícia Militar, esse número representa um reforço para garantir a segurança dos moradores e de visitantes do Rio de Janeiro. Por questão de segurança, a secretaria não informa quantos policiais vão atuar no patrulhamento, além do efetivo que é empregado rotineiramente.

A população será atendida por policiais do Batalhão de Áreas Turísticas (BPTur), do Regimento de Polícia Montada (RPMont) e da unidade Rondas Especiais e Controle de Multidões (Recom).

Conforme o governo do estado, a Operação Verão, que inclui abordagem a diversos tipos de veículos, inclusive em ônibus, conta ainda com o suporte de um carro de Comando Móvel. A unidade, baseada no Arpoador, zona sul da cidade, recebe, em tempo real, imagens transmitidas pelo helicóptero do Grupamento Aeromóvel (GAM), que sobrevoa toda a orla. Para a Secretaria de Polícia Militar, a tecnologia permite o deslocamento mais rápido de viaturas e de policiais quando for necessário.

Macaque in the trees
Praia de Copacabana (Foto: Fernando Frazão/Arquivo/Agência Brasil)

A subcoordenadora de Comunicação Social da Secretaria da Polícia Militar, major Cláudia Moraes, disse que a PM não está sozinha na operação, contando com a parceria de agentes da Polícia Civil e de órgãos como a Guarda Municipal e a Secretaria de Ordem Pública.

Para Cláudia Moraes, o turismo é o maior ativo do Rio do Janeiro, uma cidade conhecida e admirada por suas belezas naturais e diversidade cultural.

“Temos uma preocupação muito grande em garantir a segurança de moradores e turistas, sobretudo na alta temporada [carnaval e meses de julho, dezembro e janeiro]. Essa visão de planejamento de segurança para atender à atividade turística já se tornou um consenso entre os órgãos públicos”, afirmou.