Rio

Operação das Forças Armadas em cidade do Grande Rio tem dois mortos

Duas pessoas foram mortas e oito presas na operação que as Forças Armadas fizeram nesta quarta-feira (29) pela manhã no Complexo do Salgueiro, no município de São Gonçalo, na zona metropolitana do Rio de Janeiro. O Comando Militar do Leste informou também que foram apreendidos um fuzil, seis pistolas, 11 carregadores, cinco pacotes de munições variadas, três coldres, três motocicletas e três embarcações.

Foram feitas cerca de 3 mil revistas e checagens de antecedentes criminais e nove barricadas retiradas.

A operação contou com 2.500 militares das Forças Armadas, 300 homens do Comando do 1º Distrito Naval (RJ) e 12 agentes da Polícia Federal. Além de blindados e aeronaves, a ação teve o apoio de dois navios e 10 embarcações, sendo uma lancha blindada.

Desde meados de julho que o Comando Conjunto da Intervenção vem, constantemente, fazendo operações no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, município vizinho a Niterói situado às margens da Baía de Guanabara.

Por isso, na operação desta quarta-feira (29), além das embarcações apreendidas, mais 26 foram abordadas e três ilhas foram vasculhadas pelos militares. No total, estima-se que as ações impactem positivamente 1 milhão de pessoas, direta e indiretamente, abrangendo uma área terrestre de 32 quilômetros quadrados (km²) e uma superfície marítima de 61 km².

Operação na Ilha do Governador

Policias militares do 17º BPM (Ilha do Governador) prenderam seis pessoas e, com elas, quase uma tonelada de drogas em uma operação quarta-feira de manhã (29) no Morro do Dendê, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio.

Também foram apreendidas duas pistolas, dois carros, dois rádios e R$ 20 mil.