Na Cidade de Deus e na Providência, mais de 10 mil atendidos

ESPORTE

– Pr ograma Atletas do Futur o já atende crianças e jovens entr e 7 e 17 anos na Pr ovidência

Na cerimônia de ontem, no Morr o do Bor el, na T ijuca, que mar cou a c hegada de pr ojetos sociais e de cur sos pr ofissiona - lizantes depois da pacificação da com unidade, r epr esentan - tes da F irjan e da F ecomér cio (atr a vés do Senac-RJ) comemo - r ar am a oferta de ser viços, que começou há cer ca de oito meses, na Cidade de Deus, em J acar e - paguá (Zona Oeste) e no Morr o da Pr o vidência (Centr o). Quase 11 mil pessoas das duas com u - nidades já f or am atendidas. P a r a Ana Baião , coor denado- r a do Pr o g r a ma Sesi Cidada- nia, que já atende a Cidade de Deus e o Morr o da Pr o vidên- cia, e agor a também c hegará ao Bor el, c hegou a hor a de os mor ador es vir ar em o jo go da e xclusão social: – A oportunidade que o Bor el está tendo é louváv el. Quem não tem uma pr ofissão tem que apr o v eitar a capacitação ofer e - cida. Os mor ador es não podem deixar a oportunidade passar . As ati vidades que o Bor el ga - nhará serão r ef orço escolar pa - r a os alunos dos ensinos Fun - damental e Médio , em par ceria com a pr efeitur a; aulas de fu - te bol, basquete e vôlei pelo Pr o - g r ama Atletas do Futur o (que atende crianças e jo v ens entr e 7 e 17 anos); orientação n utricio - nal, psicológica e aulas de ginás - tica com pr ofessor es de Educa - ção Física par a aqueles com mais de 65 anos. Os mais jo v ens podem apr ender técnicas de V endas e de Oper ações de Es - toque e Armaz enagem. No Morr o da Pr o vidência, 893 pessoas participar am dos pr o - jetos. Uma das iniciati v as mais pr ocur adas f oi a Cozinha Br asil. Nela, os inscritos, em sua maio - ria donas de casa, apr endem a apr o v eitar talos e cascas de fru - tas, v er dur as e legumes. Líder com unitária do Bor el, Roberta F err eir a quer e xpan- dir as ati vidades ofertadas atr a vés do Ser viço Br asileir o de A poio às Micr o e P equenas Empr esas (Se br ae). – Estou me r eunindo com o Se - br ae par a sa ber como eles tam - bém podem cola bor ar conosco . T emos que ampliar o númer o de v agas par a atender a todos.

Pr ojetos em andamento na Pr ovidência e na Cidade de Deus já ofer ecem ser viços a quase 11 mil morador es