SEGURANÇA

Sede da UPP do Morro da Formiga é entregue a PMs

Depois de quatr o meses de pacificação, base que vai abrigar 110 policiais fica pr onta

As c ha v es da sede da Unidade de P olícia P acificador a do Morr o da F ormiga, na T ijuca (Zona Norte), onde ficarão a brigados os 110 policiais militar es que ocupam a com unidade há quatr o meses, f oi entr egue ontem pelo secr etário de Segur ança, J osé Mariano Beltr ame. P ar a ele, a importância de uma base par a os PMs não é só par a maior conf orto da tr opa mas sim, par a r ece ber visitas dos mor ado - r es da com unidade tijucana. Se - gundo Beltr ame, a população de mais de 5 mil d e v e tr az er r ecla - mações, pedidos e denúncias aos pacificadores. – Atr a vés da P olícia Militar , o Estado pr ecisa deixar a sua pr e- sença nítida par a essa popula- ção , além de um local onde os policiais tenham uma base não só oper acional, mas também pa- r a r ece ber a população – assi- nalou Beltr ame. Segundo a comandante da UPP da F ormiga, Alessandr a Ca v a - lhaes, desde a instalação da uni - dade, no dia 1º de julho , não houv e g r andes r egistr os de mo vimentos importantes do tráfico na com u - nidade. Ainda de acor do com Ales - sandr a, f or am r ealizadas quatr o prisões de pessoas en v olvidas com o tráfico , que v oltar am ao Morr o da F ormiga depois de ser em e x - pulsas de outr as com unidades. – O m ais importante é que contamos com a cola bor ação e denúncias anônimas de mor ado- r es da F ormiga, que não quer em di vidir mais o espaço com o trá- fico – concluiu a comandante. Contente com a c hegada da se - de definiti v a da UPP da F ormiga, a capitão disse que a partir de agor a os mor ador es têm um espaço “de - mocrático e neutr o”, a berto par a r ece ber as mais di v er sas ati vida - des, antes mesmo dos pr ojetos so - ciais públicos e pri v ados.

Divulgação