Cur ta

T u rnowski declara que corr upção na Civil tem que acabar

O novo cor r egedor inter no da Polícia Civil do Rio, Gílson Emiliano, tomou posse do car go ontem, e com sua nomeação vieram também exigências de metas a ser em cumpridas. Segundo o chefe da Polícia Civil, Alan T ur nowski, desvios de conduta dos homens da Civil não serão mais tolerados sob hipótese alguma e deverão ser combatidos pela Cor r egedoria. T ur nowski declar ou, também, que a população não aguenta mais conviver com os desvios de alguns policiais. Junto com Emiliano, tomaram posse outr os nove delegados. Segundo T ur nowski, novas tr ocas na cúpula mudarão de lugar , pelo menos, 28 titularidades de delegacias da capital, interior e especializadas. Como medida para aper feiçoar o trabalho dos policiais, a Polícia Civil está pr omovendo três cursos de for mação pr ofissional para qualificar o efetivo que ingr essou pelo último concurso público para a corporação nos car gos de oficial de car tório de 6ª classe, perito criminal de 3ª classe e técnico de necr opsia policial de 3ª classe. Os cursos são for mados por um módulo básico, dois operacionais e um pr ofissionalizante, com 840 horas-aula cada, além de estágio, palestras e aulas r egular es das disciplinas, inclusive ar mamento e tir o, comum às três especialidades.